Americana vive em uma casa na árvore em Miami – e você pode visitá-la

Mas corra: Shawnee Chasser precisa fazer mudanças estruturais por exigência das autoridades e seu lar há 25 anos está ameaçado

Chris Delboni,
O Estado de S. Paulo — Leia no Estadão

21 Outubro 2016 | 10h10

Natureza.  Liberdade.  Romance. Pureza. Essas são algumas palavras usadas com frequência para descrever a experiência de uma noite de férias numa casa de árvore.  Mas para a americana Shawnee Chasser, que mora numa árvore há 25 anos, e há 40 ao ar livre, sua casa pode logo desabar, literalmente.

Ela já virou um ícone local – e, quem quiser visitar, é só ligar que a senhora de 65 anos e fios de cabelos lilás abre as portas do seu lar para turistas e curiosos. Mas corra, pois a cidade está exigindo tantas mudanças estruturais – alegando segurança pessoal – que logo a casa, a piscina/laguinho, cachoeira, jardim tropical e tudo o mais pode desaparecer.

Foto: Chris Delboni
ctv-zrf-arvore placa

A placa na entrada da casa na árvore diz: “Por favor, não alimente seus medos”

Só que não sem muita luta, diz Shawnee, que se identifica como hippie, e já lutou muito na vida: contra a injustiça, a guerra do Vietnã e pelos direitos de qualquer um que cruzar seu caminho pedindo ajuda.

Foto: Chris Delboni
ctv-b7e-piscina-miami

A piscina da casa

Mas agora quem precisa de ajuda é ela, e recebe de todos. “A boa notícia é que por 40 anos tenho defendido todos que precisavam de defesa, população indígena, haitianos. Agora todos estão ajudando, e sinto tanta gratidão, e tanto amor do mundo inteiro”, diz, emocionada.  “Tenho praticamente chorado por um ano. Mas estão todos me inundando de amor e saúde. Isso me faz muito, muito bem.”

Foto: Chris Delboni
ctv-xiz-sala-miami

A sala da casa

Dia 4 de novembro, ela está organizando um evento beneficente para arrecadar fundos, uma boa oportunidade para conhecer o “Paraiso de Shawnee”.  Há cerca de oito moradores no terreno, que, além de sua casa na árvore, inclui uma casa convencional, um mini-trailer, e alguns outros pequenos espaços espalhados no pelo jardim, que mais parece um pequeno parque florestal.

Ela diz que não aluga os aposentos de forma tradicional, mas todos “colaboram” com as despesas.

Shawnee conta que os problemas começaram há cerca de um ano, quando ela conheceu um senhora que precisava de um lugar para morar, e tinha um filho de 4 anos. Depois de encontrar o menino duas vezes no telhado, com medo de uma tragédia, ela pediu que a senhora deixasse o local. A senhora não gostou e denunciou às autoridades que cuidam dos códigos de construção da cidade, dizendo que havia várias irregularidades. Assim, começou o processo e a luta de Shawnee para manter sua casa na árvore. Ela diz que não sai. “Aqui estou, e aqui fico”, diz convicta.

Comprou o terreno, já com uma casa tradicional construída, há 10 anos para o filho Joshua.  Ele morou lá três anos. Com 32, sete anos atrás, teve um ataque cardíaco, e morreu. “Ninguém tinha a menor ideia de que ele tivesse um problema cardíaco.  Morreu dormindo.  Eu o encontrei”, conta. “Se pudesse me livrar dessa imagem, talvez conseguisse seguir em frente.”

Mas por enquanto seguir em frente é continuar vivendo na casa na árvore, no seu terreno repleto de verde, um grande jardim, esculturas, uma piscina com cachoeira, e dois cachorros, dois gatos e um racum, que ela trata como animal de estimação e dorme na sua cama, no andar de cima da arvore.

Abaixo ela mantém seu escritório, uma cozinha e sala de estar – tudo mínimo e rústico, ao ar livre, como ela gosta.

Shawnee diz que pagou US$ 275.000 pelo terreno, com o elaborado jardim e a casa principal, e gastou cerca de US$ 45.000 para construir seu espaço na árvore.

Foto: Elias Fernandes
ctv-lio-quarto treehouse eliasfernandes

O quarto da casa: o racum de estimação dorme na cama com Shawnee Chasser

A escada para o quarto é pequena e íngreme, mas ela diz que é só o que precisa, e chama de “lar”.

Da cama, ela olha para o lado, e brinca: “é minha janela”.   Mas logo conta, com seriedade, que tem claustrofobia, não conseguindo viver entre quatro paredes. Descobriu o trauma há 40 anos quando sua filha, Wren, nasceu. “Cheguei do hospital e meu ex-marido disse: ‘comprei um ar condicionado’.  Estava muito quente, mas, no meio da noite, acordei histérica”, diz ela. Falou para ele desligar, devolver e abrir as janelas e portas de onde moravam na época.

Desde então ela vive ao ar livre, nos últimos 25 anos numa árvore, 15 em uma outra casa e há 10 nesta. Agora tem cerca de 90 dias para apresentar às autoridades todas as mudanças estruturais – baseado nas exigências da cidade.  Tem uma grande equipe de devotos voluntários, incluindo arquitetos e advogados, ajudando na preservação de sua casa e terreno, que ela espera transformar em patrimônio histórico.

Foto: Chris Delboni
ctv-qxc-shawnee rede

Shawnee Chasser vive há 25 anos na casa da árvore

Enquanto isso, Shawnee passa muito tempo velejando no seu barco de 20 pés e vendendo pipoca orgânica, Shawnee’s Greenthumb Popcorn, distribuída em 30 supermercados “Whole Foods” da Flórida. Seu maior sonho, além de preservar sua propriedade, é ensinar jovens a velejar. “Sempre que estou no barco, me sinto no céu. É o mais próximo que conseguimos chegar da natureza. Você está completamente nas mãos de Deus”, diz. “Quero ensinar aos jovens que eles não precisam de drogas, não precisam de álcool e que podem aprender sobre o poder dos ventos”.

O nome do seu barco é “Joshua’s Bliss” – em homenagem ao filho. “Sou a mãe mais felizarda do mundo porque ele era meu melhor amigo”, diz ela. “Não sei quantas mães podem dizer que seus filhos são seus melhores amigos”.

Serviço: 

Para mais informações ou para visitar o “Paraíso da Shawnee”, ligue para o celular de Miami: + 1 (786) 246-0211 (inglês).

Shawnee’s Paradise: https://www.facebook.com/ShawneesParadise 

Endereço: 13490 NW Miami Court, Miami, Florida 33168

Evento beneficente para arrecadar fundos:  Save the Tree House benefit!

4 de novembro de 2016, 17h30 – 22h

13490 NW Miami Court, Miami, FL 33168

https://www.facebook.com/events/1132326476857371/ 

Pipoca orgânica – Shawnee’s Greenthumb Popcorn

https://www.facebook.com/ShawneesGreenThumbPopcornFriends/?fref=ts 

Twitter @chrisdelboni

 

Advertisements


Categories: Direto de Miami

Tags: , , , ,

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: