Brasileira, que aprendeu a arte da culinária em casa, brilha em restaurante em Miami e na TV

Por Chris Delboni | Coluna Direto de Miami (http://colunistas.ig.com.br/diretodemiami) 

A mineira Paula DaSilva chegou em Massachusetts com a família quando tinha 7 anos.  Três anos depois, os pais abriram um pequeno restaurante numa cidadezinha chamada Medford.  Toda tarde, ela saia da escola e ia direto para lá.

Ela lembra que na época não gostava de ficar ajudando na cozinha do restaurante, que tinha apenas 10 mesas.

Em 1994, todos se mudaram para Flórida e hoje, a premiada chef brasileira do restaurante 1500º do famoso hotel Eden Roc Renaissance, em Miami Beach, só tem a agradecer à família por essa experiência na sua infância.

Paula DaSilva na cozinha do 1500º. Foto Cortesia 1500º.

Paula DaSilva na cozinha do 1500º. Foto Cortesia 1500º.

“Estou muito feliz aqui”, diz ela, que se realiza em oferecer aos clientes uma “comida que as pessoas não tem medo de comer”.

“Meus pais cozinhavam uma comida caseira”, conta. “Eu aprendi muito com eles”, diz a chef, que desenvolveu pela sua experiência familiar uma culinária simples e, ao mesmo tempo, sofisticada.  “Não quero fazer um prato que tenha 52 etapas”, brinca.  “Em quatro passos, uma comida pode ficar ótima”.

E assim é no 1500º, nome dado pela temperatura em Fahrenheit da grelha que usa na cozinha para preparar um filet mignon ou uma picanha, dois pratos constantes do cardápio, que muda com frequência de acordo com os ingredientes mais frescos da época.

Os molhos para as carnes variam de blue cheese ao cabernet ou bearnaise, entre outros, e os acompanhamentos incluem legumes, creme de espinafre, uma deliciosa cebola Vidalia com batata gratinada ou uma polenta cremosa e muito saborosa.

Carne é o forte do restaurante, reconhecido em Miami como uma “steakhouse”, mas a chef diz que adora também preparar peixe e frutos do mar.

A carne é preparada na temperatura de 1500º F. Foto de divulgação.

A carne é preparada na temperatura de 1500º F. Foto de divulgação.

“Tem algo muito especial no processo de limpar um peixe e ver como está fresco”, conta com orgulho da sua cozinha e também de sua latinidade culinária, que ela tenta manter e aplicar nos pratos do restaurante, tipicamente americano e frequentado por turistas do mundo inteiro e moradores da cidade.

Seu segredo é o purismo gastronômico.

“Não gosto de fazer muitas coisas diferentes com os sabores”, diz.  “Acho que tudo precisa se mesclar muito bem”.

Paula estudou culinária no Art Institute of Fort Lauderdale, perto de Miami.  Logo, começou a trabalhar com um renomado chef, Dean James Max, seu mentor.  E foi com ele, no restaurante 3030 Ocean, em 2007, que Paula, com 28 anos, começou a ganhar fama quando participou pela primeira vez, em 2009, do programa Hell’s Kitchen da Fox.  Agora, três anos depois e muito sucesso, ela foi convidada para fazer uma participação especial no último episódio da temporada do mesmo programa, dia 13 de agosto, desta vez como uma das chefs mais famosas de Miami.

“Nunca imaginei que seria escolhida.  Sou calma fora da cozinha, mas dentro, uma louca”, diz, rindo.  “É isso que procuram”.

3

E assim, como no preparo dos seus pratos, ela foi dando passos profissionais cautelosos até se sentir segura para uma carreira solo.

Há quase dois anos no comando do 1500º, Paula considera a cozinha do restaurante sua obra-prima.  Ela construiu o conceito desde o início.  Queria criar um local conhecido nos Estados Unidos como “farm-to-table”, que em português seria “da fazenda para a mesa”, mas com toda a sofisticação esperada de um restaurante em um tradicional hotel de Miami Beach.

O legendário Eden Roc, apelidado de “Grand Dame de Miami Beach”, concebido pelo famoso arquiteto Morris Lapidus, abriu as portas em 1956, época áurea, frequentado pelos grande artistas de Hollywood, como Elizabeth Taylor, Katharine Hepburn, Lauren Bacall e Humphrey Bogart.

Mas hoje, depois de uma enorme reforma de US$220 milhões, é a brasileira de Valadares, Minas Gerais, que marca presença no hotel.  Ela não fica atrás de grandes chefs conhecidos internacionalmente, como Daniel Boulud do DB Bistro Moderne, Jean-George Vongerichten do St. Regis e Thomas Buckley do Nobu, escolhidos recentemente, junto com ela, como os melhores de Miami pela sofisticada revista Haute Living.

“As pessoas falam, ‘você não é mais brasileira’,” diz ela.  “Sou sim.  Está no meu sangue.  Sou americana também, mas meu coração é brasileiro”.  E é com esse coração e amor que ela sempre cozinha.  “Estou no ramo há muito tempo, mas cresci nos restaurantes dos meus pais, e sou muito grata a eles por isso”.

1500º é o restaurante principal do tradicional Hotel Eden Roc. Foto: Direto de Miami.

1500º é o restaurante principal do tradicional Hotel Eden Roc. Foto: Direto de Miami.

BOX:

1500º

Café da manhã: Das 6h30 às 11h de segunda à sexta, e até as 12h sábado e domingo
Jantar: Das 18h às 22h de domingo à quinta, e até às 23h sexta e sábado

Endereço:
Eden Roc Renaissance Miami Beach
4525 Collins Avenue, Miami Beach, FL 33140

Reserva: 305-674-5594

Para mais informações, http://www.1500degreesmiami.com/

Estacionamento com manobrista custa US$5, desde que o ticket seja validado no restaurante.

* Texto originalmente publicado pelo portal de notícias iG.com.br na coluna Direto de Miami

Advertisements


Categories: Direto de Miami

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: