Miami não é só feito de praia, festas e crise econômica. Há grandes exemplos de superação. Claudia Heimes é um deles

1

Carolina no seu quarto poucos dias depois de tirar o cateter. Foto de Carla Guarilha.

Uma batalha vencida e o começo de uma outra grande luta. Este pode muito bem resumir o atual momento de Claudia Heimes, uma das mais respeitadas e badaladas promotoras de eventos de Miami por mais de uma década. O inimigo é o mesmo: o câncer.

Claudia tem motivos para comemorar: Carolina, sua filha de 7 anos, está curada de uma leucemia. Mesmo assim, ela decidiu seguir em frente e ajudar arrecadar fundos para pesquisas voltadas para o tratamento e cura do câncer.

Em apenas dois dias, Claudia levantou US$6.185 para CureSearch, uma organização que destina verba para 175 hospitais para o tratamento da doença. Foi a maior arrecadação individual de um total de US$ 47 mil. Mas ela quer mais: pretende chegar aos US$ 10 mil.

A doação foi captada através da formação de uma equipe chamada Carolina’s Class para uma caminhada realizada em Hollywood, no sul da Florida.

“Minha filha esta curada, mas eu me preocupo com outras crianças, com o futuro”, diz ela. Claudia sabe muito bem como a vida de qualquer um pode virar de cabeça para baixo de uma hora para outra.

Claudia e Carolina. Foto de Carla Guarilha.

Claudia e Carolina. Foto de Carla Guarilha.

Em 2004, depois de passar 12 anos como uma das maiores promoters em Miami, Claudia decidiu desacelerar e se tornar mãe. Tudo parecia perfeito, até que, em 2008, a pequena Carolina começou a apresentar alguns sintomas da doença, e no começo do ano seguinte, o quadro se agravou: a menina não comia, perdeu peso, ficou muito nervosa e chorava demais – até que um dia ela começou a bater com a cabeça na parede. “Ela não estava mais enxergando”, diz Claudia. “Perdeu a visão e não ouvia”.

Claudia levou Carol imediatamente ao hospital. Chegando lá escutou dos médicos que era uma bactéria, um diagnóstico errado que ela ouviu durante dois meses.

Carol no JoeDiMaggio. Cortesia de Claudia Heimes.

Carol no JoeDiMaggio. Cortesia de Claudia Heimes.

Claudia decidiu que, desta vez, não ficaria sem uma resposta. “Ela não vai pra casa. Eu quero todos os exames ”, disse Claudia no hospital JoeDiMaggio. E assim foi feito – até chegar o diagnóstico certo: leucemia linfoblastica aguda, que atinge 70% das crianças com câncer no mundo inteiro.

“Meu mundo desabou”, diz ela. “Primeiro fiquei desacreditada. Perdi a fé.” Mas logo, Claudia conta que se apegou muito a Deus. “A gente rezava muito. E todo mundo fazia corrente de orações – na Alemanha, Brasil e Miami”.

Durante este período difícil, Claudia passou a se dedicar mais ao hobby que aos poucos virava sua nova profissão. “Quando Carol foi diagnosticada, eu comecei a desenhar joias para umas amigas, enquanto ela dormia, e acabou dando certo. Além disso, quando eu comprava as pedras, ela me ajudava a escolher as combinações”. A pedra favorita de Carolina é a pérola.”

Carol e sua cachorrinha de estimação. Foto de Carla Guarilha.

Carol e sua cachorrinha de estimação. Foto de Carla Guarilha.

Carol e seu outro cachorro favorito, de Romero Britto, amigo de Claudia. Foto de Carla Guarilha.

Carol e seu outro cachorro favorito, de Romero Britto, amigo de Claudia. Foto de Carla Guarilha.

Hoje, Carol está virando uma página de sua vida, mas não quer esquecer dos amigos que fez no JoeDiMaggio. No próximo Natal, espera colocar na árvore de casa o cateter, que levou com ela como lembrança, um símbolo de saúde e cura.

O mais curioso é que Carol tirou o cateter, em 16 de fevereiro, mesmo dia que três anos atrás foi diagnosticada a doença. “Eu não sei se é coincidência ou destino”, diz Claudia.

O processo foi doloroso, mas Claudia afirma que aprendeu duas importantes lições: não se estressar com pequenas coisas e nem com pessoas fúteis. “Eu vivi esse mundo de futilidade, mas nunca participei e me recusava a entrar nele”, conta.

Ela diz que o segredo de seu sucesso, em tudo que faz, de promoção de eventos à joias, e agora na luta pela cura do câncer, é sua disposição e os amigos. “Eu me dedico, sou insistente, persistente e não desisto. Tenho muita garra e muitos bons amigos do meu lado”, diz.

E, claro, para quem quer ajudar Claudia nesta sua luta ainda é possível até 22 de março doar através do Carolina’s Class — clique aqui.

Carol na caminhada da CureSearch em 11 de fevereiro. Cortesia de Claudia Heimes.

Carol na caminhada da CureSearch em 11 de fevereiro. Cortesia de Claudia Heimes.

DICA da CLAUDIA: Seu restaurante favorito em Miami é o Tutto Pasta — do chef brasileiro Juca Oliveira. Endereço: 1751 SW 3rd Ave – Miami – FL – 33129. Fone: (305) 857-0709.

7

* Texto originalmente publicado pelo portal de notícias iG.com.br na coluna Direto de Miami

Advertisements


Categories: Direto de Miami

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: