Filha de brasileira pode ser escolhida jovem mais bonita da Flórida

Por Chris Delboni | Coluna Direto de Miami (http://colunistas.ig.com.br/diretodemiami)
Fotos de Carla Guarilha

Com três anos. Cortesia: álbum de família.

Com três anos. Cortesia: álbum de família.

Sofia Milanesi começou a carreira de modelo com pouco mais de 2 anos.   Filha de pai italiano e mãe brasileira, tinha se mudado para Miami, onde surgiu a oportunidade e logo começou a trabalhar com uma das maiores agências de modelo infantil, a World of Kids, em South Beach.

“Trabalhava umas quatro vezes por semana”, conta Sofia, hoje com 15 anos.  “Eu gostava muito”.

Seu trabalho mais importante foi uma foto da marca italiana Lorena’O, que fez para a Vogue Bambini, quando tinha 8 anos.  Foi a primeira vez que saiu numa revista de moda.  Até então fazia fotos para catálogos de lojas de departamentos, como a Sears.

Vários trabalhos. Cortesia.

Vários trabalhos. Cortesia.

“Estava um pouco nervosa porque era o maior trabalho que iria fazer”, diz ela.  “Mas vi que o fotógrafo era italiano e comecei a falar italiano com ele.  Acho que deixei uma impressão muito boa”. O teste foi um sucesso e Sofia conseguiu o trabalho.

Mas com 11 anos, a família se mudou para Nova York, e lá, Sofia não teve a mesma sorte. Com a chegada da adolescência, o mercado exigia pelo menos 1,72 m, que ela não tem.

“Fiquei muito triste e não desisti por completo de ser modelo”, diz.  “Mas regras são regras”.

Assim Sofia começou a fazer cursos de interpretação.   Fez aula no HBO Studios, participou de um filme curta metragem e de um comercial da Burlington Coat Factory, uma grande loja nos Estados Unidos.

“Se for muito famosa como atriz, vão me chamar para fazer alguns trabalhos de modelo, mesmo se não tiver altura”, diz a adolescente, que voltou para Miami no ano passado.

Ela mora com a mãe, Michele Bolgen, separada do pai de Sofia, e seus três meio-irmãos, de 7, 6 e 2 anos, filhos do atual casamento da mãe.

Aqui, ela começou a se interessar por concursos de beleza.

Orgulhosa da faixa de Miss Bal Harbour. Foto de Carla Guarilha.

Orgulhosa da faixa de Miss Bal Harbour. Foto de Carla Guarilha.

“Comecei a ver concursos de beleza na internet, estudei e pensei: acho que consigo fazer isso”, conta, entusiasmada, a Miss Bal Harbour Teen USA, um título que conquistou no início do ano.  “Estava me sentindo bem, com muita confiança no dia”.

Sofia agora concorre, dias 19 a 21 de outubro, ao título estadual, de Miss Florida Teen USA para 2013.

Ela está sendo preparada por especialistas no concurso de Miss Teen. O treinamento vai desde o vestido e postura até a importante entrevista de três minutos com o júri.

“Meu maior desafio é deixar a melhor impressão”, diz ela.   “Quero mostrar minha personalidade.  Eu tenho um coração bem grande – espero que eles consigam ver isso”.

Sofia com sua gata, Catniss, de 8 meses. Foto de Carla Guarilha.

Sofia com sua gata, Catniss, de 8 meses. Foto de Carla Guarilha.

Sofia diz que o que mais teme são os temas políticos, mas está se preparando também.  “Estou lendo o jornal todo dia”.

Desde pequena, Sofia gosta de ler e estudar, e hoje fala fluentemente quatro idiomas: português, inglês, espanhol e italiano.

“Eu sempre coloco os estudos na frente”, diz a jovem, que só tira notas altas.

“No concurso de beleza não buscam só beleza”, diz ela.  “A entrevista é a coisa mais importante.  Você tem que ser inteligente.  Tem uma menina que está concorrendo – tem 16 anos e está na universidade – tem que ser inteligente, não só bonita”.

Com sua mãe, Michele Bolgen. "Uma coisa que minha mãe sempre me falou e nunca escutei é escolher bem meus amigos", diz Sofia. "Nem sempre fiz amizades boas – e agora que me mudei para cá vejo que meus amigos em Nova York se meteram em coisas horríveis. Penso, nossa, poderia ser eu". Foto de Carla Guarilha.

Com sua mãe, Michele Bolgen. “Uma coisa que minha mãe sempre me falou e nunca escutei é escolher bem meus amigos”, diz Sofia. “Nem sempre fiz amizades boas – e agora que me mudei para cá vejo que meus amigos em Nova York se meteram em coisas horríveis. Penso, nossa, poderia ser eu”. Foto de Carla Guarilha.

Sofia espera conseguir cursar grandes universidades, como Harvard ou Yale, quando se formar no colegial, em 2015.  Ainda não sabe se quer fazer engenharia ou marketing.

Ela afirma que como sua família tem condições de pagar sua universidade, se ela ganhar o concurso, quer doar um dos prêmios – US$40 mil em bolsa de estudos na Nova University, uma faculdade na Flórida – para uma menina que não tenha condições financeiras de arcar com os estudos.

“Vou ver se consigo doar para uma pessoa que realmente quer estudar mas não tem dinheiro”, diz Sofia.

Mas enquanto isso, ela está estudando numa escola especial, Miami Arts Charter School, onde tem duas horas diárias de aula de interpretação.

E assim, Sofia segue em frente, em busca do sucesso e da felicidade, que para ela é a mesma coisa.  “Sucesso é ser feliz”, diz.  “O segredo é ser persistente em tudo que você faz.  Não pode deixar passar as oportunidades. Tem que ir atrás”.

Sofia fez questão de posar na frente do quadro dos irmãos, na sala de sua casa. "Felicidade também é estar bem com a família", diz a jovem Miss Bal Harbour Teen. Foto de Carla Guarilha.

Sofia fez questão de posar na frente do quadro dos irmãos, na sala de sua casa. “Felicidade também é estar bem com a família”, diz a jovem Miss Bal Harbour Teen. Foto de Carla Guarilha.

* Texto originalmente publicado pelo portal de notícias iG.com.br na coluna Direto de Miami

Advertisements


Categories: Direto de Miami

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: